Brasileiros mantêm R$ 1,4 bilhão em moedas fora de circulação

Compartilhar

Estimativa do Banco Central é de que 35% das moedas produzidas no Brasil desde 1994 estejam guardadas

Foto: Reprodução

Os brasileiros mantêm R$ 1,4 bilhão em moedas guardadas e fora de circulação, aponta estimativa divulgada pelo Banco Central. Isso representa 35% do total de moedas produzidas no Brasil desde 1994.

Os números foram divulgados durante evento em Brasília em que foi lançada uma campanha para estimular os brasileiros a usarem moedas nas compras. De acordo com o BC, a campanha começará em setembro nas redes sociais.

A produção de moedas, segundo o Banco Central, tem aumentado ano a ano. Em 2015 foram produzidas 685 milhões de unidades e, em 2016, 761 milhões. Neste ano, já foram produzidas 434 milhões de moedas até o dia 31 de julho.

Isso gera custos para o setor público, o que a campanha também quer evitar. Só em 2016 o governo gastou R$ 243 milhões para produzir moedas.

“É papel do Banco Central sensibilizar o público quanto à necessidade de promover a recirculação das moedas guardadas”, disse o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn. Ele lembrou que as moedas guardadas também contribuem para dificultar o troco nas compras.

 

Deixe um comentário