Governo dialoga com Fiesp para alinhar parcerias para o Maranhão

Compartilhar

Gestores da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) e diretores da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) definiram propostas de parcerias, em diversas áreas do setor produtivo do Maranhão, durante reunião na quarta-feira (20), em São Paulo.

O secretário adjunto Luiz Amorim e o superintendente de Investimentos da Seinc, Gustavo Lago, debateram com os representantes dos empresários parcerias voltadas para cadeias produtivas, entre as quais as de grãos e a de couro.

Foto: Divulgação

A Seinc já desenvolve, desde 2015, um extenso trabalho de adensamento da cadeia do couro, no município de Ribeirãozinho, onde está localizado um dos maiores polos coureiros do Norte/Nordeste. Na cidade, já foram realizadas ações como capacitação profissional, por meio da Unidade Vocacional do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) para a área do couro, o IEMA Couro, cursos em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), além de feiras e eventos voltados para o setor.

Luiz Amorim afirmou que a primeira conversa foi com representantes do Sindicato Patronal dos Curtidores de Couros do Estado de São Paulo (Sindicouro). “Tratarmos sobre possíveis parcerias, já que eles já compram couro maranhense. Nossa intenção é fazer com que essas parcerias possam gerar acesso a novos mercados e ampliar os já existentes”.

Atualmente, a Seinc trabalha com diversas cadeias produtivas, entre elas, avicultura industrial, carne, couro, gesso e grãos, com a proposta de adensamento e abertura de novos mercados.

Deixe um comentário