Maranhão virou moda para turistas de todo o mundo em 2019

Compartilhar

O ano de 2019 foi histórico para o setor do turismo no Maranhão. Investimentos em estrutura e promoção dos destinos turísticos maranhenses impulsionaram a ocupação hoteleira e o fluxo de passageiros no estado.

De acordo com a Secretaria de Estado do Turismo (Setur), enquanto em 2018 pouco mais de 1,5 milhão de passageiros desembarcaram no Aeroporto Marechal Cunha Machado, em São Luís, em 2019 esse número subiu, e a expectativa é que alcance a marca dos 2 milhões de visitantes.

Também chama atenção a projeção da taxa de ocupação hoteleira nas cidades de São Luís e Barreirinhas, para o período do Réveillon. Segundo o Booking, um dos maiores sites de reserva, tarifas de viagens e de mecanismo de busca para hospedagem de hotéis, São Luís e Barreirinhas registraram, respectivamente, 89% e 80% de taxas de ocupação em hotéis para reservas entre 31 de dezembro de 2019 a 1° de janeiro de 2020.

Os bons indicadores do turismo no Maranhão são fruto de planejamento e programas especiais pensados para atrair estimular a economia

São João das Bandeirinhas

Em 2019, o Maranhão apresentou o maior São João de sua história. As 1.500 atrações culturais deste ano ganharam o adorno de mosaicos estampados nas tradicionais bandeirinhas juninas, que abrilhantaram o Centro Histórico de São Luís e a festa deste ano. A decoração especial ganhou destaque nacional e viralizou nas redes sociais. Resultado: mais turistas acompanharam de perto o São João do Maranhão em 2019.

“Estive esses dias em Barreirinhas, nos Lençóis Maranhenses. E vi muitas fotos dos arraiais de São João da nossa capital. Em ambos os casos, tudo lotado, milhares de empresas e trabalhadores auferindo renda. O Maranhão está na moda. Fico feliz”, disse o governador Flávio Dino em uma rede social no final de junho deste ano.

Balanço positivo

Dados do Sistema de Cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo (Cadastur) apontam que, enquanto em todo o ano de 2018, 442 empresas foram formalizadas para atuar no segmento, esse número subiu para 835 em apenas nove meses de 2019.

Números positivos também em ações recentemente implementadas, como o programa Mais Qualificação e Turismo, que promove ações de qualificação nos dez principais Polos Turísticos do Maranhão. Ao todo, 3.089 pessoas foram qualificadas em 2019.

Foto: Divulgação

Já o programa Mais Infância Mais Turismo, que tem como objetivo combater a exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo, chegou a 5.810 crianças em 2019 – em 2018 tinham sido 1.000 crianças.

Mais números em alta

Os números crescentes não param por aí: foram 13 participações da Setur em eventos nacionais e internacionais, dez polos visitados pela Regionalização, 558 novos artesãos cadastrados no estado e 27 mil pessoas atendidas nos Centro de Atendimento ao Turista (CAT).

E 2019 ainda teve espaço para o projeto Ceprama itinerante, feira de artesanato que tem rodado o Maranhão, e o Mais Viver Praia, que garante lazer e diversão nas férias em São Luís. Agora é aguardar as novidades que devem animar e atrair ainda mais turistas para o Maranhão em 2020, além das festas de Natal e Réveillon.

Deixe um comentário