Decreto estadual mantém condições de trabalho dos caminhoneiros, saúde dos animais e fiscalização ambiental no Maranhão

Compartilhar

O governador Flávio Dino complementou no último domingo (22) o decreto que suspendeu as atividades comerciais no Maranhão. Estão mantidas as condições de trabalho dos caminhoneiros nas estradas, a proteção da saúde dos animais e fiscalização ambiental em todo o estado.

Dessa maneira, devem funcionar normalmente: as atividades de fiscalização ambiental, bem como locais de apoio para o trabalho de caminhoneiros, como borracharias, oficinas e restaurantes nas rodovias. A distribuição e e comercialização de álcool em gel, produtos de limpeza e de materiais de construção para obras públicas também estão mantidas.

Além disso, clínicas, consultórios e hospitais veterinários, petshops e lojas de produtos agropecuários podem continuar suas atividades, bem como serviços  de inspeção de alimentos e produtos derivados de origem animal e vegetal.

No último sábado (21) o Governo do Maranhão suspendeu comércio e alguns serviços como academias, shopping center, cinemas, teatro, bares, restaurantes, lanchonetes, por 15 dias. Continuam funcionando os hospitais, clínicas, laboratórios e estabelecimentos de saúde.

Serviços como coleta de lixo, distribuição e comércio de alimentos, abastecimento de água, luz, gás, combustível, serviços de telecomunicações, segurança privada e imprensa continuam funcionando normalmente.

Deixe um comentário