Governadores do Nordeste discutem projetos em parceria com Agência Francesa de Desenvolvimento

Compartilhar

“Nordeste forte, caminha junto. Planeja e debate ações temáticas, que sejam positivas para todos os estados que compõem essa região tão rica e tão cheia de potencialidades”, apontou o vice-governador Carlos Brandão, que segue em missão na Europa, até esta sexta-feira (22), com os demais governadores e representantes do Consórcio do Nordeste, a fim de apresentar ao mundo a região que mais tem investido em novos empreendimentos no País, em busca da expansão de projetos já em execução em alguns estados ou mesmo de aprimoramento e inovação.

Foi com este pensamento que Brandão e os integrantes do Consórcio Nordeste estiveram na Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), a fim de conhecer os principais eixos das estratégias da AFD no Brasil, incluindo o nordeste brasileiro. Biodiversidade, mudanças climáticas, agricultura e cidade sustentáveis, gestão de recursos hídricos e energia foram os principais pontos de debate.

Consórcio Nordeste

Membros do Consórcio Nordeste, senadores e direção da Agência Francesa de Desenvolvimento reunidos para debates temáticos (Foto: Aline Cristina)

Na ocasião, também foi encabeçada pelo presidente do Consórcio Nordeste, o governador Rui Castro, a apresentação dos projetos previstos para 2020-2021, incluindo possíveis investimentos com a participação da AFD. Por fim, os governadores do Nordeste comemoraram a assinatura de Memorando de Acordo entre a AFD e o Estado do Piauí.

Antes de partir para Roma, próxima parada da Missão Europa, a comitiva de governadores do Nordeste ainda teve um encontro com o ministro de Europa e Assuntos Estratégicos da França, Jean-Yves Le Drian; a secretária de Estado do Ministério de Transição  Ecológica e Solidária, Bruna Poirson; e também com a direção da América Latina e Caribe do Ministério da Europa e Relações Internacionais.

Já em Roma, ainda nesta terça-feira (19), a comitiva deve seguir para um encontro empresarial, em um primeiro contato com os investidores locais, com experiência no cenário econômico da América Latina.

Deixe um comentário