Vendas no varejo maranhense registra aumento de 9,6% em agosto de 2018

Compartilhar

O volume de vendas do varejo restrito maranhense cresceu 9,6% em agosto deste ano. Na comparação com os últimos 12 meses, o indicador registrou alta de 5,6%. É o que aponta a Nota de Comércio Varejista divulgada pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc) esta semana. A análise completa da Nota encontra-se disponível no site do Imesc.

De acordo com o economista Erivam Rabelo, chefe de divisão de conjuntura econômica do Imesc, os recursos extras em circulação “revigoraram o dinamismo do comércio, acelerando a expansão do volume de vendas”.

Em relação ao varejo ampliado, a nota aponta que o volume de vendas apresentou expansão de 9,4% em agosto de 2018, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, enquanto que, comparando agosto de 2018 com julho do mesmo ano, houve um aumento de 2,6%.

O crescimento também é observado no acumulado de 12 meses do volume de vendas do varejo ampliado, que aumentou em 8,6%. Os dados revelam que o ajuste dos preços relativos, tais como inflação e a taxa de juros, vem contribuindo para a retomada da economia brasileira, o que reflete na recuperação no volume de vendas do varejo maranhense – já observado desde 2017.

Em relação ao endividamento, a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência realizada pela CNC/Fecomércio-MA em São Luís no mês de setembro apontou que 21,4% dos consumidores endividados informaram possuir contas em atraso – este é o menor nível dos últimos 57 meses, com uma queda de 16,73% em relação ao mês anterior.

A pesquisa apontou a importante redução de 30,14% na variação mensal daqueles que afirmam que não terão condições de pagar suas contas, levando o indicador de inadimplência futura a alcançar 9,5% dos consumidores endividados no município de São Luís.

Comércio Varejista Nacional
De acordo com a nota, baseada nos dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o volume de vendas físicas do comércio varejista restrito em agosto de 2018 contra o mesmo mês em 2017 cresceu em 4,1%. Nos últimos 12 meses, o volume de vendas subiu 3,3%.

Nota de Comércio Varejista
A nota de Comércio Varejista é um dos produtos do Boletim de Conjuntura Econômica, que analisa o comportamento do comércio varejista por meio dos dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada pelo IBGE e das pesquisas de Endividamento e Inadimplência e Intenção de Consumo das Famílias Ludovicenses, ambas realizadas pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio/MA).

Deixe um comentário